Quentinha do dia #99 – Pazuello e o Exército Brasileiro: hierarquia das Forças Armadas colocada à prova

O Comandante do Exército, General Paulo Sérgio Nogueira, decidiu não estabelecer qualquer punição para a transgressão disciplinar do General Eduardo Pazuello. O regulamento disciplinar do Exército não permite que militares da ativa se manifestem politicamente, a não ser que expressamente autorizado pela instituição. O ex-ministro da saúde, Eduardo Pazuello, general da ativa do Exército Brasileiro, participou de uma manifestação ao lado do presidente da República Jair Messias Bolsonaro dois dias após seu depoimento na CPI da Pandemia, naquele evento, Pazuello chegou até mesmo a fazer um breve discurso em completa afronta tanto à CPI, quanto aos princípios de disciplina e hierarquia das Forças Armadas.