Quentinha do Dia #100 – Greve dos profissionais de limpeza urbana em São Paulo

Após diversas tentativas de garantir a vacinação dos e das profissionais de limpeza urbana, a categoria decidiu entrar em greve exigindo que fosse feita a imunização do grupo. Desde o início da pandemia o serviço de limpeza urbana foi considerado essencial e não foram interrompidas suas atividades em nenhum momento, mesmo nos períodos mais críticos da pandemia. Em resposta, o governo do estado de São Paulo acionou a justiça, exigindo a ilegalidade da greve através de um mandado de segurança. A alegação do governo paulista é de que estão seguindo o Plano Nacional de Imunização e que a falta de vacina é o motivo de catadores e motoristas ainda não receberem o imunizante.