Quentinha do dia #72 – Câmara dos Deputados aprova educação como serviço essencial

Depois de 7 horas de votação, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que torna a educação presencial um serviço essencial. O texto tem como objetivo obrigar que as aulas presenciais sejam retomadas, mesmo que o país esteja em seu pior momento da pandemia. As defesas em torno do retorno às aulas tem pouca ligação com os prejuízos pedagógicos de estudantes, nas argumentações centrais de defesa em favor do projeto deputados e deputadas se empenharam em demonstrar que a escola é imprescindível ao acolhimento e assistência social muito mais que um ambiente de ensino e aprendizagem.