Quentinha do Dia #58 – Gleisi Hoffmann exige saída de Bia Kicis da presidência da CCJ

Na Bahia, o soldado Wesley Soares foi morto por agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) no último dia 29. O caso ganhou bastante repercussão porque foi usado pela base do governo para divulgar mais fakenews e assim, tentar causar motins no interior das polícias militares contra os governadores. 

Uma das mais radicais interlocutoras do governo no parlamento, a deputada federal Bia Kicis do PSL, foi a principal responsável pelo uso da tragédia na Bahia para acirrar os ânimos entre as forças policiais e os seus respectivos governadores. A tentativa foi um fiasco, sobretudo após as Forças Armadas darem seu recado de que não entrariam no autogolpe pretendido pelo governo.

Ainda na tarde de ontem, a base parlamentar do governo tentou emplacar uma tentativa de golpe, que foi frustrada, tamanha a crise institucional que estamos vivendo. A proposta sugeria ampliar os poderes do presidente da república durante o período da pandemia, o que daria controle sobre as polícias de todo o país.