Quentinha do dia #21 – Reforma Administrativa: Cabide de Emprego X Estabilidade no Serviço Público

Intertexto

Primeiro levaram os negros/ Mas não me importei com isso/ Eu não era negro 

Em seguida levaram alguns operários/ Mas não me importei com isso/ Eu também não era operário 

Depois prenderam os miseráveis/ Mas não me importei com isso/ Porque eu não sou miserável 

Depois agarraram uns desempregados/ Mas como tenho meu emprego/ Também não me importei 

Agora estão me levando/ Mas já é tarde.

Como eu não me importei com ninguém/ Ninguém se importa comigo

Bertold Brecht

O Presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira anunciou que sua intenção é fazer avançar a chamada Reforma Administrativa na casa. O Texto prevê o fim da estabilidade no serviço público e também a redução de até 25% de salário dos servidores. A intenção não é nova, há anos nossas elites fazem campanhas recorrentes de desmoralização do serviço público e tentam impôr a narrativa de que o grande déficit fiscal brasileiro é a garantia de serviços essenciais ofertados pelo Estado.