Quentinha do dia #32 – Governo propõe que Educação e Saúde fiquem sem garantia de recursos

Entrou em debate nesta semana, a tramitação no Senado Federal da chamada PEC Emergencial. O texto, de tão problemático, se arrasta nas casas legislativas desde 2020, mas sem acordo, não avançava para apreciação. A PEC Emergencial entrou em discussão depois de repetidas vezes o Ministro da Economia Paulo Guedes chantagear a população brasileira, condicionando a liberação do Auxílio Emergencial à aprovação da PEC. Apesar de ter sido desidratada no Senado, muitos pontos são extremamente nocivos para o povo, sobretudo quando propõe o fim da obrigatoriedade de estados e municípios investirem em educação e saúde.